Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011
"E assim caminhamos...Devagar e sempre. Ás vezes fracos, uma vez ou outra covardes e mesquinhos. Estragadores de alheias felicidades. Mas ainda sim seres mágicos. Seres que sobrevivem de migalhas. Seres que recebem esmolas por onde passam. E que doa pouco de si. Seres esses que se dizem racionais. Somos sim um bando de loucos. No entanto loucos humanos".                                    




                                                   RODRIGO BERNARDO.
"Vivo de sonhos, alimento - os a cada dia para não morrerem, (afogados e inertes) nas escuras águas do pesadelo"



                                            RODRIGO BERNARDO.
"Tento já não mais me afogar nas mentiras que propaguei por ai...Onde passei...Minhas marcas lá estão. Os rastros ficaram. Agora convivo com os incrédulos olhos. Seres julgam - me sem piedade agora. Falsa alma minha".





                                                           RODRIGO BERNARDO.
"Sempre nos tornamos um pouco daquilo que vemos...é que quase sempre vemos coisas que não valem a pena.E nisso vamos diminuindo cada vez mais com tamanho da mesquinhez que cerca o homem".



                                                            RODRIGO BERNARDO.
"Não sei o que restará de verdade um dia...Somos tolos vivendo numa selva, onde só há presa e predador. Onde o jogo de gato e rato que criamos é apenas para negarmos a nossa existência...Iludimos que podemos ser reais...Quando na verdade somos imaginação pura. Frutos do mero acaso? Será que há eu e você realmente"?      




                                    RODRIGO BERNARDO
"Não temos o hábito de olharmos os nossos de igual pra igual...Somos ás vezes ou quase sempre, levados a crer que somos melhores, agimos de maneira superior com seres que de certa forma julgamos menores que nós. pessoas que pisamos ás vezes com um mau sorriso nosso pela manhã...Quando chegamos no trabalho, em nosso convívio social em geral. Em alguns momentos uma resposta mal dada...Um olhar displicente, Uma palavra ríspida...Tudo isso só nos leva para nosso lado menos humano, lado esse que inere ao ser humano, e que quase sempre quer sair e mostrar sua pobre face. Cabe a nós não deixarmos o que de bom há, deixar-nos por menores coisas".




                                                        RODRIGO BERNARDO
"Tanto caminhei procurando algo em que me apoiar nessa vida...Só agora posso ver que sempre fui meu próprio suporte...Que apenas eu sou o dono de meu destino. Que palavras como ética, lealdade, honestidade, São rótulos criados por nós pra negarmos nossa miséria...Não se é ético quando apunhalam-nos pelas costas de formas várias. Nem cobro mais nada de ninguém. Já entendo que somos seres medrosos ás vezes cobardes. Acuados por nossa mera lascívia...Pensando bem nem há mal em sermos assim".



                                                          RODRIGO BERNARDO.
"tanto representei que já não mais posso atuar e fingir ser esse palhaço que por ai vive...Feito um protagonista do espetáculo da vida...Quando na verdade sou apenas um coadjuvante...Um pequeno ser surrado, sujo e mesquinho...Escravo nato de minhas farsas indeléveis.








                                                       RODRIGO BERNARDO

Sentir-se Especial.

"Vai sinta-se especial...Sinta-se belo, lindo, linda, se for o caso...Ame você...Ame seu mundo...Ame aqueles que se importam contigo. Esqueça aqueles que não são por você... Ignore-os. Viva por seus momentos, os bons, os maus... OS maus te fortalecerão. Seja sempre jovem... No corpo e na alma...Não permita que seu mundo envelheça. Renove-se a cada dia..Seja. Seja...Sempre algo mais... mais do que esperam de ti.  Rodrigo Bernardo....